menu

playlist

slide

Essa fofa me representa! Hoje com a modelo Nahla Camila, modelo e dona da agência de modelos Nahla plus.



Hoje no nosso quadro, ESSA FOFA ME REPRESENTA, teremos a linda modelo plus size, Nahla Camila, de Ribeirão preto, 32 anos.
Nahla fez e faz muito para o meio plus size, e é uma das mulheres mais guerreiras que vc já conheceu.

Vamos conhecer um pouco dessa modelo, na entrevista cedida ao MUNDO PLUS, com todo carinho e respeito!

MP- Como vc se iniciou no meio plus size, conte-nos um pouco da sua história:

Nahla- Sempre fui gordinha, já cheguei a pesar 169 quilos.



Perdi 44 quilos antes de fazer a cirurgia bariátrica.
E hj ainda plus size, peso 88 e uso manequim 46.


 Sofri muitos preconceitos durante a minha vida, até que um dia, no meu antigo trabalho,em um moto taxi, onde eu exercia a função de telefonista, comecei a sofrer bullyng dos funcionários, com piadas de mau gosto. Eu sofria muito. Mas a gota d'água foi qndo começaram a me colocar em funções que não eram minhas, como lavar banheiro e limpar chão. Não tenho nada contra a profissão de faxineira, mas não era essa a minha função ali. Procurei uma advogada, e entrei na justiça contra a empresa, por assédio moral, Em seis meses apenas, a sentença saiu com uma indenização de 16 mil reais por danos morais.
 A partir daí, ouve uma grande repercussão, e fui a vários programas de tv, locais e nacionais como Ana hickman por exemplo, participei de uma transformação com Gustavo Sarte, e decidi montar um Fã Clube Plus size, abrindo uma página no Face, onde fui ficando cada dia mais conhecida, e querida entre as gordinhas e simpatizantes.



MP- Como era a sua auto estima antes e depois do fan clube plus size?

Nahla: Até então eu não tinha auto estima, mas depois que lancei a página, comecei a receber tantos elogios, a ouvir as historias das pessoas, isso me motivou tanto, e fez com que eu me amasse mais, para assim poder ajudar as outras pessoas que precisavam de mim e do meu exemplo. Ajudar as pessoas era uma terapia, pq eu entendi que ajudando, eu estava me ajudando tbm, e assim comecei a ter auto estima de verdade. Criei a Panifat, que deu o que falar, e muita gente até hoje me recrimina por causa disso. A intenção era chocar mesmo as pessoas. Uma gordinha com shorts curto dançando funk, ainda ninguém tinha visto, e meu vídeo ficou tão famoso, que foi parar no programa do Rodrigo Faro. Eram muitos acessos, dancei a música da melancia, e quebrei todos os tabus. consegui mais de cinco mil seguidores, que pode parecer nada, mas para mim é uma coisa grandiosa, pra uma gordinha q pesava mais de 150 quilos. Hoje não trabalho mais com a Panifat, mas o objetivo naquela época foi alcançado.




Mp- E em um meio tão concorrido, tão individualista como o meio plus size, onde quase ninguém se ajuda, e a rivalidade é muito grande, como vc explica essa sua vontade de ajudar criando tantos projetos legais para as plus sizes?

Nahla-  Com todo o sucesso do canal e da fan page, surgiram muitas ideias para projetos. Realmente no meio plus, existem pessoas e agencias que não agem de forma profissional. No fã clube plus size, eu criava disputas, colocava meninas que não eram modelos na capa, e percebia o quanto isso era importante para elas, e as fazia bem. E muitas começaram uma carreira de modelo a partir disso, foram descobertas e trabalham muito hoje. Eu ajudei muitas mulheres a realizarem seus sonhos, mesmo fora dos "padrões". Hoje está tudo muito corrido, e não estou conseguindo administrar as minhas páginas, eu precisaria de pessoas para me ajudar .


MP- Você agora está com uma agência que leva o seu nome, me fale mais sobre isso e seus novos projetos de vida.

Nahla- A ideia surgiu daí, depois de tudo que passei, eu não queria que outras mulheres passassem por isso, fiz vários vídeos falando disso, dando bronca enfim.  Por muitos anos eu me calei, e aguentei piadinhas de mau gosto, hoje em dia, eu retruco tudo, não deixo passar nada, não sou baú pra guardar segredo.


Quando eu percebi que na minha cidade e região não havia uma agência especializada em plus size eu decidi montar a primeira agência 100% Plus size. Eu não trabalho com crianças, nem adolescentes e nem magras, apenas plus size. Eu nunca fui modelo, eu simplesmente queria ajudar as pessoas. Eu fiz cursos para me preparar melhor, estou buscando novos cursos, mas é difícil encontrar pessoas sérias no mercado, o que a maioria quer é apenas o dinheiro das meninas.
Eu não vivo dos sonhos das pessoas, eu ajudo a construir!

É gratificante para mim e minha fotógrafa, ver que as meninas chegam uma lagarta, tímida, e cheia de nãos" e eu proporciono o "sim" para elas, e vê-las se transformando em lindas borboletas, e bota borboleta nisso, pois é nítido a diferença do antes e do depois, e é também impagável! Não quero falar das outras agências, mas é bem diferente do que eu faço.





Muitas meninas estão entrando em contato comigo, que não são de Ribeirão e região, então quero deixar claro que ainda não trabalho com outros lugares, eu sou bem sincera e verdadeira, se fosse outra, estaria cobrando dessas meninas e as iludindo, mas deixo claro que no momento estou focada apenas em Ribeirão Preto e região, apesar da chuva de meninas de todos os lugares do Brasil interessadas em fazer parte.

Mp- Deixe uma mensagem para todas as mulheres que te admiram e as plus size do brasil todo:

Nahla- Quero convidar a todas as meninas para conhecerem o meu trabalho. E as pessoas que gostam de criticar, que critiquem, mas que façam melhor que eu! Eu não sou uma pessoa que só fala, eu faço e realizo, e adoro ajudar as pessoas dessa forma. Eu sou uma pessoa humilde, não tenho carro, ando de onibus, se eu quisesse, poderia estar aproveitando da situação, pois tenho hoje em torno de 68 meninas, todas cadastradas, com carteirinha e esta chegando mais, e vamos bater a casa de cem meninas.
Em breve teremos um coquetel de lançamento, fechado, so para as agenciadas, imprensa, patrocinadores, lojistas enfim. E teremos outro lançamento que irá sacudir a minha cidade, E quero pedir para as meninas que estão acima do peso, e se sentindo tristes, para começarem a pensar de forma diferente, e não deixem que ninguém suba em cima de vocês, por que vocês não são escada, vamos levantar do sofá, e aparecer!!
-------------------------------------------------------------------------------------------

Nahla foi organizadora do primeiro Flash mob plus size no brasil, onde ela levou toda a sua equipe para um desfile nas ruas de sua cidade, como um protesto e ao mesmo tempo na intenção de mostrar a beleza plus e quebrar o preconceito que ainda é tão comum com as pessoas gordinhas.


Nahla também criou o movimento PSIU na internet, em apoio a protestos contra a gordofobia, apesar de barrada, ela não desistiu de seus ideais.


Nahla organiza encontros, com o intuito de valorizar a auto estima das mulheres, faz ensaios onde cada menina tem direito a duas fotos uma de rosto outra de corpo, e ainda faz seletivas para trabalhos plus, sem cobrar nada, absolutamente de graça.



Nahla ganhou o premio  destaque beleza plus size, recentemente, mais que merecido esse troféu!



Quem quiser conhecer mais dessa mulher linda, e forte, que faz acontecer, é só entrar em contato pelas redes sociais. Quem tiver interesse em fazer parte da sua agencia, tem que ser de Riberão e proximidades. Para fazer parte, é preciso participar do workshop, onde tudo começa. Em breve o site estará no ar, completo, com fotos, videos, e tudo o mais, para auxiliar na divulgação de suas modelos.


"Juntas Somos mais fortes"!
(Nahla)


Nenhum comentário:


Look do Dia

Vídeos

Notícias

Viagens

Receitas

Dicas

Eventos
DESIGN E ADAPTAÇÃO:

© Ícones das Categorias
© Data Personalizada
© Comentários